• Ricardo Bonacorci

Filmes: Golpe Duplo - Química e tensão em alta voltagem


Nesta semana, assisti a "Golpe Duplo" (Focus: 2015). Dirigido e roteirizado pela dupla Glenn Ficarra e John Requa (de "Amor a Toda Prova" e de "O Golpista do Ano") e estrelado por Will Smith, Margot Robbie e Rodrigo Santoro. O filme me agradou por dois motivos. Primeiro porque se trata de uma boa história de ação e suspense, bem conduzida. Depois porque é interessante para nós brasileiros ver Santoro em um bom papel de coadjuvante em uma produção hollywoodiana. Mesmo não se destacando na figura de um espanhol proprietário dono de uma equipe de corridas, o brasileiro cumpriu minimamente sua obrigação, não passando vergonha (também ficou longe de se destacar).

"Golpe Duplo" apresenta Nicky (Will Smith), um experiente e bem sucedido vigarista, e Jess (Margot Robbie), uma novata e atrapalhada larapia. Ela, ao conhecê-lo, fica encantada com as habilidades dele e insiste para que ele ensine todos os segredos dessa profissão para ela. Depois de treiná-la e de se envolver com a bela moça, Nicky a abandona. Eles vão se encontrar novamente três anos mais tarde em Buenos Aires. Jess namora um bilionário dono de uma equipe de corridas (Rodrigo Santoro), para quem Nicky precisará trabalhar. O reencontro de Nicky e Jess mostra que os dois não superaram o término do antigo romance e o clima romântico entre eles pode atrapalhar os planos de ambos de darem um grande golpe em terras portenhas.

Assim, nem tudo é o que se parece nesse filme. "Golpe Duplo" é daqueles filmes nos quais as coisas vão mudando o tempo inteiro, alterando o enredo e a perspectiva do telespectador. Há também uma boa dose de romance. A química entre Will Smith e Margot Robbie dá credibilidade ao casal. Além disso, os momentos de tensão são outro ponto destacado desta produção.

Há duas cenas excelentes que devem ser comentadas pela adrenalina exalada. A primeira acontece na parte inicial do filme, em um camarote de estádio durante uma partida de futebol. Nicky e Jess brincando, enquanto assistem ao jogo, resolvem apostar R$ 1,00 em algo fortuito. A brincadeira ganha a companhia de um estranho (um milionário maluco) que está sentado ao lado do casal e parece gostar de fazer apostas. Os lances das novas apostas vão aumentando exponencialmente, para desespero dos envolvidos (e dos telespectadores). Tensão pura! Você fica grudado na poltrona ávido por saber o resultado final daquela inconsequente brincadeira. Alguém vai se dar muito mal!

A segunda cena de destaque é quando Nicky e Jess são pegos no final do filme. Enquanto são interrogados e ameaçados pelo homem que tentaram ludibriar, o casal começa a discutir entre si. Eles estão revoltados e com ciúmes pelo comportamento um do outro. Parecem nem ligar para quem os ameaça. Hilário! Lembrou-me um pouco o professor Henry Jones (Sean Connery) discutindo com o filho, o arqueólogo Henry Jones Júnior, também conhecido como Indiana Jones (Harrison Ford), na frente do inimigo enquanto ambos estavam amarados e sendo ameaçados de morte em "Indiana Jones e a Última Cruzada" (Indiana Jones and the Last Crusade: 1989).

"Golpe Duplo" é um bom filme. Tem ação, muito suspense, ótimas cenas de tensão, romance e humor. Gostei de vê-lo e recomendo para quem deseja se entreter com um longa-metragem em uma cidade pequena no sul de Minas Gerais.

Veja o trailer de "Golpe Duplo"

O que você achou deste post e do conteúdo do Blog Bonas Histórias? Não se esqueça de deixar seu comentário. Se você é fã de filmes novos ou antigos e deseja saber mais notícias da sétima arte, clique em Cinema. E aproveite também para curtir a página do Bonas Histórias no Facebook.

#GlennFicarra #JohnRequa

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento