• Ricardo Bonacorci

Exposição: Picasso e a Modernidade Espanhola - A arte cubista


Exposição Picasso e a Modernidade Espanhola

Nesta quarta-feira à tarde fui ao Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) no centro de São Paulo para ver "Picasso e a Modernidade Espanhola". A exposição conta com 87 obras do fundador do cubismo e de outros artistas espanhóis como Joan Miró, Salvador Dalí, Julio González e Luis Fernández. A coleção faz parte do acervo do Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía, de Madri, na Espanha, e estará à disposição do público paulistano até o dia 8 de junho. Depois, a exposição segue para o Rio de Janeiro, onde ficará até Setembro.

"Picasso e a Modernidade Espanhola" ocupa quatro andares do prédio do CCBB. No quarto e no terceiro andares (a exposição começa por cima e o visitante vai descendo, seguindo o trajeto delimitado pela organização) estão as obras de Pablo Picasso. Primeiro entramos em contato com as que abordam a sensualidade e a representação das mulheres. Depois, vemos representações de minotauros (uma fixação e tipo de autor ego do pintor) e algumas gravuras preparatórias à produção de "Guernica", a pintura mais famosa de Picasso.

No segundo andar, temos as telas dos demais artistas espanhóis. Vemos, portanto, as obras de Miró, Dalí, González e Fernández. No primeiro andar, temos a apresentação interativa de "Guernica". A exposição termina no subsolo, com algumas peças de natureza morta desses artistas. Para terminar, na hora da saída (no térreo), havia uma apresentação com musica tradicional da Espanha e uma pequena apresentação cênica simulando depoimentos de Picasso. O clima ali estava bem animado.

Exposição Picasso e a Modernidade Espanhola

Gostei da exposição. Apesar de haver muitas gravuras em detrimento das telas a óleo, o material apresentado é de razoável qualidade. Ver de perto a geração mais talentosa de artistas espanhóis é sempre emocionante. Há obras interessantes, apesar das mais famosas e importantes dos artistas retratados não estarem presentes.

Os únicos pontos negativos de "Picasso e a Modernidade Espanhola" foram a fila de espera e a estrutura do CCBB. Como fui em uma quarta-feira a tarde, não esperei mais de vinte minutos para entrar. Porém, se você for em um final de semana ou em um feriado, se prepare para perder pelo menos uma hora na fila. Como o Centro Cultural Banco do Brasil fica em um prédio antigo, a exposição fica dividida entre os estreitos andares da instituição. Isso atrapalha um pouco o visitante, pois, às vezes, o fluxo fica confuso dentro dos corredores, com as pessoas entrando na sua frente enquanto você analisa uma obra. Na terceira ou na quarta vez, é normal perder a paciência.

"Picasso e a Modernidade Espanhola" tem entrada gratuita e a exposição fica aberta de quarta a segunda-feira, das 9 horas às 21 horas. O Centro Cultural Banco do Brasil fica localizado na Rua Álvares Penteado, 112, no Centro. Vale a pena dar uma passada lá para conferir essas obras.

Gostou deste post e do conteúdo do Bonas Histórias? Deixe sua opinião sobre as matérias do blog. Para acessar as demais análises desta coluna, clique em Exposições. E não se esqueça de curtir ​a página do blog no Facebook.

#JoanMiró #SalvadorDalí #JulioGonzález #LuisFernández #PabloPicasso #Exposição #Mostra #Pintura #Cubismo

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Mandarina é a livraria diferenciada que está localizada em Pinheiros, na cidade de São Paulo
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Comunicação Integrada é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento