• Ricardo Bonacorci

Mercado Editorial: Vendas em 2014 – A maior queda dos últimos anos


O ano passado não foi fácil para as editoras nacionais. Em 2014, o mercado editorial apresentou, no Brasil, uma queda de aproximadamente 5% em seu faturamento em relação ao ano anterior. Esses dados foram divulgados na semana passada pela SNEL, o Sindicado Nacional dos Editores do Livro. Depois de um longo período de crescimento contínuo, a receita do setor, enfim, apresentou um decréscimo. Trata-se do pior resultado dos últimos 10 anos. Vale lembrar que foi a partir de 2004 que as vendas de livros no país passaram a ser medidas com mais abrangência pela FIPE, Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, a pedido da SNEL e da CBL, a Câmara Brasileira do Livro.

O mercado editorial movimentou R$ 5,4 bilhões em 2014. As livrarias são o principal canal de venda. Elas representam cerca de 60% do faturamento do setor. Na segunda posição estão as distribuidoras, com 21% da receita do mercado. A venda porta a porta, com 5 %, e os supermercados, com 1,62%, vem logo em seguida.

Dos livros impressos em 2014, pouco mais de 19 mil foram de lançamentos, enquanto aproximadamente 41 mil foram de reimpressões. Dos cerca de 500 milhões de exemplares vendidos, 90 milhões foram de novos títulos e 410 milhões foram de antigos.

A queda nas vendas no ano passado foi ocasionada principalmente pela menor compra do governo. As obras didáticas distribuídas para os alunos das escolas públicas fazem do governo federal o maior comprador de livros do país. Qualquer diminuição neste tipo de compra afeta diretamente o setor inteiro. Além disso, as pessoas físicas (os consumidores tradicionais) tiveram seu consumo estagnado nas livrarias.

Em 2013, o mercado editorial brasileiro já havia apresentado uma estagnação em relação à 2012. Para 2015, a previsão de faturamento não é nada otimista. A expectativa dos especialistas é que a queda continue. Ou seja, os ventos não estão favoráveis para ninguém.

Gostou deste post e do conteúdo do Blog Bonas Histórias? Se você se interessa por informações do mercado editorial, deixe aqui seu comentário. Para acessar outras notícias dessa área, clique em Mercado Editorial. E aproveite para curtir a página do Bonas Histórias no Facebook.


A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento