• Ricardo Bonacorci

Melhores Músicas Ruins: Premiação de 2015


Melhores Músicas Ruins 2015

O ano de 2015 já está próximo da sua reta final e gostaria de compartilhar as minhas descobertas no gênero musical. Quem me conhece sabe que além de apreciar um bom filme trash, eu também adoro uma boa música brega. Sabe aquelas músicas do tipo classe B (ou seria C?) que nem as piores estações de rádio têm coragem de tocar? Saiba que eu adoro essas canções. Eu me divirto com elas. De tão ruins, de tão ridículas e de tão repugnantes, elas se tornam até admiráveis. Não tem homem que gosta de mulher feia? Não tem mulher que gosta de homem tranqueira? Não tem gente que torce para o Palmeiras? Não tem quem se vista com roupas bregas? Eu gosto de música ruim, fazer o quê? Gosto é gosto!

Antes de listar as cinco Melhores Músicas Ruins que ouvi nesse ano, nesta minha categoria específica (que alguns teimam em chamar de trash, de lixo, de música ruim ou de atentado terrorista aos ouvidos), eu preciso deixar algo claro: não as ouço diariamente. Como um bom vinho, este tipo de canção precisa ser degustado aos poucos e em pequenas doses. O motivo, entretanto, é inverso ao da bebida. Se uma taça de vinho consumido diariamente faz bem ao organismo, a apreciação deste tipo de música feita todos os dias é muito perigosa. A saúde mental e física do ouvinte pode ficar profundamente abalada com o excesso de exposição. Por isso, é preciso certa dose de ponderação. Tome cuidado!

Feita esta importante ressalva, vou à lista das melhores cinco músicas ruins que ouvi neste ano. Prepare-se e veja se tenho ou não tenho um ótimo péssimo gosto musical.

5º lugar: "Senha do Celular" - Henrique & Diego

Parte em destaque:

"Se não deixa pegar o celular

É porque tá traindo

E tá mentindo

Alguma coisa tem

Se não deixa pegar o celular

É porque tá devendo

Me enganando

De papo com outro alguém"

Observação: Este é o corno moderno. Ele tem medo do celular da amada!

4º lugar: "Escândalo de Amor" - Edson & Hudson

Parte em destaque:

"Peça pro porteiro aliviar

Diga que eu preciso entrar

Quero te ver mais uma vez

Ou será que tenho que escalar

No décimo terceiro andar

Só chego ai daqui um mês

Eu tô me acabando na saudade

E a minha felicidade

Está nas mãos desse porteiro"

Observação: Uma ode aos porteiros deste país. Que coisa linda!

3º lugar: "Dá Álcool Pra Mim" - Fábio Henrique e Fabiano

Parte em destaque:

"Se você quer beber,

Lembra que eu estou afim

Dá álcool pra mim

Dá álcool pra mim

Eu só fico junto, de mulher que bebe bem

Porque quando ela bebe, dá álcool pra mim também

Eu conheço um ditado, não existe discussão

Se for com mulher do lado, beba com moderação".

Observação: A graça desta música está em ouvi-la e não em lê-la. Porém, não achei nenhum vídeo do Fábio Henrique & Fabiano. Acredite: eu tenho essa música em um CD (alguém me deu de presente e achei esta preciosidade).

2º lugar: "O Caipira e a Roqueira" - Matos e Matteus

Parte em destaque:

"Mas outro dia caminhando pela rua,

Encontrei uma gatinha doida demais,

Ela me olhou e meio que pintou um clima

Sem dizer que essa menina me tirou a paz.

Ela é tão diferente de mim,

Camiseta escrito Bad Boy,

Um cabelo ouriçado,

Um jeitão bem largado

E um assunto que dói.

Acontece que eu me apaixonei

Isso ela também não nega

Essa menina é roqueira,

Só não pita e não cheira,

Mas tem o corpo tatuado,

Tem brinco pra todo lado,

No umbigo, na orelha, no nariz,

A coisa é feia.

Feia de fazer dó!".

Observação: É ou não é bonitinha esta música? Não dizem que os opostos se atraem, hein? Curiosamente, eu conheci essa dupla sertaneja pessoalmente (Eles eram meus vizinhos em Perdizes). Também tenho o CD deles. Foi o próprio Matos, ou teria sido o Matteus, que me presenteou. Os caras são gente fina, mas que "O Caipira e a Roqueira" é uma das melhores músicas ruins do ano, isso é.

1º lugar: "Meu Amor é Dez" - Edson & Hudson

Parte em destaque:

"Se eu te chamo pra ir no Habib's

Três esfihas, quatro kibes

Já ta bom demais da conta

Axe é o meu desodorante

Quando bebo é espumante

Tira gosto é azeitona

Você tá igual o Titanic

Submerge, perde o pique

Tá se achando minha dona

Eu não tomo whisky importado,

Meu carro é financiado, meu apê é de aluguel.

O meu telefone é pré-pago,

Minha geladeira é Consul,

Meu colchão é da Probel"

Observação: Até hoje não sei como o Edson e o Hudson não conquistaram um Grammy com esta canção...

Parabéns aos campeões da edição 2015 das "Melhores Músicas Ruins"!

Gostou deste post e do conteúdo do Blog Bonas Histórias? Se você é fã de canções boas de verdade, acesse a coluna Músicas. Para ver as demais edições deste prêmio, clique em Melhores Músicas Ruins. E não se esqueça de curtir a página do Bonas Histórias no Facebook.


#MelhoresMúsicasRuins #Premiação #HenriqueDiego #EdsonHudson #FábioHenriqueeFabiano #MatoseMatteus

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Mandarina é a livraria diferenciada que está localizada em Pinheiros, na cidade de São Paulo
A Epifania Comunicação Integrada é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Psicorama é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento