• Ricardo Bonacorci

Livros: O Burrinho Pedrês - Guimarães Rosa embrulhado para presente


Ontem, li "O Burrinho Pedrês" (Nova Fronteira) que ganhei de presente de Natal da minha irmã. O conto de João Guimarães Rosa foi publicada originalmente em 1946, como parte do livro "Sagarana" (Nova Fronteira), obra de estreia do escritor mineiro. "Sagarana" é um livro de contos que se tornou um marco em nossa literatura por causa da sua linguagem inovadora (criação de Neologismos e uso de várias figuras de linguagem) e dos temas relacionados à vida rural de Minas Gerais. "Burrinho Pedrês" é a primeiro e mais famosa história de "Sagarana".

Escrito em terceira pessoa, esta trama de Guimarães Rosa tem como personagem central o velho burrinho chamado Sete-de-Ouros. A história abrange um dia da vida do bichinho. Sete-de-Ouros é convocado para fazer parte de uma excursão de vaqueiros que levará a boiada de um rico fazendeiro local, chamado Major Saulo, para o abate. O burrinho segue a jornada ao lado de cavalos de boa montaria, sendo ridicularizado por todos por estar velho e lento. Enquanto a cavalgada é realizada, os boiadeiros vão contando suas histórias, narrando casos e episódios sensacionais do passado.

O grupo segue caminho até se deparar com um rio. As fortes chuvas que castigavam a região fazem com que o rio ficasse cheio de água e perigoso para a travessia. O que fazer para cruzá-lo? O grupo de boiadeiros se divide entre os que temem a travessia e aqueles que aceitam se arriscar mesmos com o perigo iminente. Sete-de-Ouros é escolhido para abrir caminho. Atrás do animal mais idoso do grupo, os cavaleiros seguem com seus cavalos. Aí temos o clímax da novela e o surpreendente desfecho da narrativa.

"O Burrinho Pedrês" é uma típica história de Guimarães Rosa. Ele possui vários neologismos, uso de metáforas, a aplicação de linguajar que mistura o erudito e o popular e o emprego de forças mágicas. Além disso, temos aqui uma moral interessante: a experiência adquirida ao longo dos anos é decisiva para a compreensão do mundo e para a sobrevivência.

É possível ler este conto em algumas horas. O livro que li, pertencente à "Coleção Saraiva de Bolso", possui pouco mais de setenta páginas. A leitura só não é mais rápida porque temos diante dos nossos olhos palavras organizadas por Guimarães Rosa. Assim, é preciso ler com atenção para compreender o que está sendo narrado e o que está sendo contado de maneira subliminar.

Gostei do livro. Ele é simples e envolvente. Desbravar a narrativa de Guimarães Rosa é sempre desafiante. Esse é aquele desafio que me intriga. Ao final da obra, refletimos sobre a importância do conhecimento e o respeito que devemos ter pela velhice.

Gostou deste post e do conteúdo do Blog Bonas Histórias? Se você é fã de literatura, deixe seu comentário aqui. Para acessar as demais críticas, clique em Livros. E aproveite para curtir a página do Bonas Histórias no Facebook.

#JoãoGuimarãesRosa #LiteraturaBrasileira #LiteraturaClássica #conto #Regionalismo #Modernismo

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento