• Ricardo Bonacorci

Especial: Cinema de Jorge Amado - Apresentação da série


Infelizmente, vivemos em um país que pouca atenção dá para a literatura. A maioria dos brasileiros lê poucas obras, quando as lê. Há um vasto contingente de pessoas que nem sequer lê um livro por ano. Neste cenário de completa aridez literária, como explicar a popularidade e o sucesso de Jorge Amado? O que o escritor baiano fez para conseguir se tornar conhecido e inserir suas histórias na cultura popular brasileira?

Apesar de seus livros serem excelentes, o que permitiu a Jorge se tornar tão conhecido em seu país de origem foram as adaptações de suas obras para o cinema e, principalmente, para a televisão. Se não houvesse esta migração das tramas das páginas dos livros para as telas, muito possivelmente a popularidade do escritor não seria tão alta como é ainda hoje. Para se ter uma ideia do quanto as comparações entre as duas formas de narrativa (impressa e eletrônica) são discrepantes, veja esses dados: enquanto o filme "Dona Flor e Seus Dois Maridos" foi visto por mais de 10 milhões de pessoas no cinema somente no Brasil, em todo o mundo (incluindo nosso país) a vendagem de livros de Jorge Amado não alcançou essa marca. Ou seja, mais pessoas no Brasil viram uma história do escritor baiano transformada em filme do que o autor teve em vendagem de livros (considerando-se todas as suas obras) no mundo todo.

Esta análise foi feita comparando literatura com cinema. Se fossemos analisar o alcance das telenovelas e minisséries televisivas, principalmente as produzidas pela Rede Globo, o alcance das histórias de Amado na população brasileira se multiplicaria exponencialmente.

Por isso é importante analisarmos também o cinema para compreender a importância das narrativas de Jorge Amado na cultura popular brasileira. Assim, vou utilizar esse mês de abril para assistir aos filmes com as histórias do escritor baiano. O objetivo é construir um cenário mais completo da obra de Amado (para quem se recorda, no ano passado li as cinco principais obras do baiano).

Três dos filmes analisados foram gravados nas décadas de 1970 e 1980: "Dona Flor e Seus Dois Maridos" (1976), "Tenda dos Milagres" (1977), "Gabriela" (1983). Recentemente novas obras foram filmadas: "Quincas Berro D'Água" (2010) e "Capitães da Areia" (2011). É em relação a estas cinco produções cinematográficas que me proponho a analisar neste mês no Blog Bonas Histórias.

A programação de posts dos filmes de Jorge Amado é a seguinte:

"Gabriela" - Post em 5 de abril de 2016

"Quincas Berro D'Água" - Post em 11 de abril de 2016

"Capitães da Areia" - Post em 15 de abril de 2016

"Dona Flor e Seus Dois Maridos" - Post em 21 de abril de 2016

"Tenda dos Milagres" - Post em 25 de abril de 2016

Não perca esse Especial do Cinema de Jorge Amado que será apresentado neste mês no Bonas Histórias. Bom filmes a todos!

Que tal este post e o conteúdo do Blog Bonas Histórias? Aproveite e deixe seu comentário. E não se esqueça de curtir a página do blog no Facebook.

#JorgeAmado #Cinema #CinemaBrasileiro

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento