• Ricardo Bonacorci

Mercado Editorial: As Ficções Mais Vendidas no Brasil em 2015


Em março deste ano, apresentamos no Blog Bonas Histórias a lista dos livros mais vendidos no ano passado em nosso país. Como havia no topo do ranking muitas obras para colorir e títulos religiosos, achei interessante retornar à coluna Mercado Editorial para listar os livros de ficção mais vendidos no Brasil em 2015. Assim, acredito que poderemos compreender melhor a preferência literária e o gosto romanesco dos leitores nacionais. Este é o objetivo do post de hoje. Para não cair em qualquer erro estatístico, vou mais uma vez recorrer aos dados do Publishnews, o portal de notícias mais confiável do mercado editorial brasileiro atualmente.

Nas dez primeiras posições do ranking das ficções mais vendidas nas livrarias nacionais no ano passado temos exclusivamente literatura em língua inglesa. São essencialmente autores norte-americanos e ingleses.

A britânica E. L. James aparece com três livros, todos da coleção erótica “Cinquenta Tons de Cinza”: “Grey” (Intrínseca) – primeiro lugar, “Cinquenta Tons de Cinza” (Intrínseca) – sexta posição, e “Cinquenta Tons Mais Escuros” (Intrínseca) – nona colocação. O trio vendeu, ao todo, mais de 250 mil unidades.

Logo atrás, temos a norte-americana Gayle Forman, com os romances da série “Se Eu Ficar”: “Se Eu Ficar” (Novo Conceito) – segunda posição, e “Para Onde Ela Foi” (Novo Conceito) – quinto lugar. As duas obras venderam conjuntamente mais de 160 mil exemplares em nosso país.

Na sequência da lista de best-sellers aparecem os norte-americanos John Green, “Cidade de Papel” (Intrínseca) – terceira posição, e Anthony Doerr, de “Toda Luz que Não Podemos Ver” (Intrínseca) – quarto lugar.

O top 10 dos romances mais bem-sucedidos é completado pela escritora inglesa Paula Hawkins, “A Garota do Trem” (Record) – sétima posição, pela irlandesa Cecelia Ahern, “Simplesmente Acontece” (Novo Conceito) – oitavo lugar, e pela inglesa Jojo Moyes, “Como Eu Era Antes de Você" (Intrínseca) - décima posição.

O primeiro autor que não é de língua inglesa na lista dos mais vendidos é Umberto Eco (Itália), com seu “Número Zero” (Record), na décima primeira posição. E o primeiro brasileiro é Chico Buarque, com “O Irmão Alemão” (Companhia das Letras), no décimo oitavo lugar.

Confira, a seguir, a lista completa das 10 ficções mais vendidas em nosso país em 2015, segundo o Publishnews:

1) “Grey” (Intrínseca) - E. L. James (Inglaterra) – 174 mil unidades vendidas

2) “Se Eu Ficar” (Novo Conceito) - Gayle Forman (Estados Unidos) – 100 mil unidades vendidas

3) “Cidades de Papel” (Intrínseca) – John Green (Estados Unidos) – 94 mil unidades vendidas

4) “Toda Luz que Não Podemos Ver” (Intrínseca) - Anthony Doerr (Estados Unidos) - 71 mil unidades vendidas.

5) “Para Onde Ela Foi” (Novo Conceito) - Gayle Forman (Estados Unidos) – 65 mil unidades vendidas

6) “Cinquenta Tons de Cinza” (Intrínseca) - E. L. James (Inglaterra) – 43 mil unidades vendidas

7) “A Garota do Trem” (Record) - Paula Hawkins (Inglaterra) - 42 mil unidades vendidas

8) “Simplesmente Acontece” (Novo Conceito) – Cecelia Ahern (Irlanda) – 40 mil unidades

9) “Cinquenta Tons Mais Escuros” (Intrínseca) - E. L. James (Inglaterra) – 36 mil unidades vendidas

10) “Como Eu Era Antes de Você” (Intrínseca) – Jojo Moyes (Inglaterra) - 34 mil unidades vendidas

Gostou deste post e do conteúdo do Blog Bonas Histórias? Se você se interessa por informações do mercado editorial, deixe aqui seu comentário. Para acessar outras notícias dessa área, clique em Mercado Editorial. E aproveite para curtir a página do Bonas Histórias no Facebook.

#MaisVendidos

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento