• Ricardo Bonacorci

Televisão: Stephen Curry - O novo mito do basquete


É muito legal ver a história acontecendo diante dos nossos olhos. Para quem gosta de esporte, presenciar o surgimento e o ápice dos grandes gênios esportivos é uma recordação que pode ser levada para toda a vida. Lembro saudosamente das grandes atuações de Ayrton Senna e Michael Schumacher nas pistas, Ronaldo Fenômeno, Marta e Diego Armando Maradona nos campos e Roger Federer, Steffi Graf e Pete Sampras nas quadras. O que dizer de Usain Bolt, Kelly Slater, Yelena Isinbayeva, Valentino Rossi, Tiger Woods e Michael Phelps? Todos estes são ícones de suas modalidades e deixaram suas marcas e números na história.

Por que estou falando sobre isso? Porque assisti, na madrugada de segunda para terça-feira, à partida sete da semifinal da NBA entre Golden State Warriors e Oklahoma City Thunder. Quem vencesse o jogo se classificaria para a decisão do torneio de basquete mais disputado do mundo (a série estava empatada em 3 a 3). E que jogo foi aquele!

Mais espetacular do que a partida em si foi a atuação de um rapaz chamado Stephen Curry. Quem ainda não conhece esse jogador não ficará muito tempo sem ouvir falar dele. Em poucos anos, o camisa 30 do Warriors estará ao lado de nomes como Michael Jordan, Magic Johnson e Oscar Schmidt como um dos maiores do basquete de todos os tempos. O que esse rapaz tem feito nos últimos dois anos em quadra tem enchido os olhos dos amantes desse esporte. Já há muitos especialistas dizendo que não é difícil ele se tornar o maior de todos nesta modalidade.

Stephen Curry não é um jogador alto para o padrão do moderno basquete profissional. Ele mede apenas um metro e noventa e um centímetros. Ele também não é forte, como a maioria dos seus colegas. Seu peso é de apenas oitenta e seis quilos. O que faz um atleta baixo e fraquinho em quadra? Veja o vídeo a seguir com algumas jogadas dele nessa temporada.

A equipe de Curry pode chegar, nessa temporada, ao seu segundo título consecutivo da liga norte-americana de basquete. Contudo, muitos recordes já foram quebrados pelo seu principal astro. Por exemplo, o camisa 30 do Golden State Warriors foi eleito por unanimidade como o melhor jogador desse ano. Esta foi a primeira vez que houve uma escolha unanime. Nem Michael Jordan conseguiu agradar a todos quando esteve em seu auge.

Além disso, o rapaz é recordista em arremessos de três pontos. Pense em uma estatística nesse quesito e tenha certeza que ou Curry a lidera ou brevemente irá liderar. Para completar, o armador tem levado o Golden State Warriors ao patamar das grandes equipes da história. O desempenho do time de Oakland nessa temporada já é superior ao melhor momento do mágico Chicago Bulls da temporada de 1992-1993.

Stephen Curry é magnifico! Ele arma jogadas com excelência, chuta de três pontos como ninguém e driblar seus adversários como se enfrentasse crianças. Não há limites para esse monstro! Vi Michael Jordan e Magic Johnson jogarem. Eles também faziam coisas incríveis em quadra e eram decisivos nos momentos derradeiros da partida e do campeonato. Porém, nada se compara ao que Curry tem feito em 2015-2016. O rapaz, que só tem 28 anos, tem realizado proezas que nenhum dos grandes nomes da história do basquete conseguiu fazer. Às vezes, suas jogadas beiram o absurdo. Ele parece, em muitos momentos, mais um ilusionista do que um jogador de basquete.

Veja a seguir os melhores momentos da partida da madrugada de segunda para terça-feira.

Não perco as finais da NBA deste ano por nada. Tenho certeza que irei me recordar das jogadas desse monstro do esporte por muitos anos ainda.

Que tal o conteúdo do Bonas Histórias? Compartilhe sua opinião conosco. Para conhecer os demais posts dessa coluna, clique em TV, Rádio e Internet. E não se esqueça de curtir a página do blog no Facebook.

#StephenCurry #televisão #esportes #Basquete #NBA

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento