• Ricardo Bonacorci

Filmes: Hot Rhythm - Água com Açúcar da década de 1940


Quem me conhece, sabe que adoro filmes antigos. Descobrir "novidades" no cinema das décadas de 1930, 1940, 1950 e 1960 está entre minhas atividades culturais mais divertidas. Estou falando isso porque na semana passada assisti a "Hot Rhythm" (1944). Esta comédia musical é de 1944. Apesar do seu sucesso, eu nunca a tinha visto. O longa-metragem foi o único da careira do diretor William Beaudine, especializado em séries televisivas com animais: "Lassie" de 1965 e "As Aventuras de Rin Tin Tin" de 1954. Esta produção é estrelada por Robert Lowery (mais conhecido pelo papel de Batman, no seriado "Batman & Robin" de 1949), Dona Drake (mais famosa como cantora do que atriz), Irene Ryan, Tim Ryan III (que também foi o roteirista) e Sidney Miller.

A história de "Hot Rhythm" se passa essencialmente em uma produtora musical. A empresa produz jingles (propagandas) e discos de cantores tradicionais. Jimmy (interpretado por Robert Lowery) e Sammy (Sidney Miller) são amigos e escritores de jingles. Certo dia, a dupla conhece a cantora Mary, recém-contratada pela produtora para cantar jingles. Impressionado com a beleza da moça, Robert convida a moça para fazer um teste como cantora convencional. Ele se passa por produtor, omitindo que seja um músico publicitário (algo visto como pejorativo). A moça aceita e um disco-demonstrativo dela é gravado. Contudo, uma confusão dentro da empresa faz com que o disco seja produzido de verdade e lançado no mercado. Dez mil cópias são distribuídas para as lojas.

Assim, o dono da produtora, Sr. O'Hara (Tim Ryan III) fica em maus lençóis. Sua companhia não tem o direito autoral da música cantada. A fim de evitar um processo judicial e a falência da produtora, Sr. O'Hara e sua atrapalhada secretária Polly (Irene Ryan) vão tentar resolver a situação de maneira pouco convencional. Esse é o estopim para uma série de confusões e novos problemas que se desenrolam em cascata.

"Hot Rhythm" é um filme muito legal. Trata-se de uma típica comédia musical da metade do século passado. O humor é leve e inocente, por vezes um pouco forçado. É possível recordar-se das produções de Billy Wilder - como "Quanto Mais Quente Melhor" (Some Like It Hot: 1959) - e de Howard Hawks - "Os Homens Preferem as Loiras" (Gentlemen Prefer Blondes: 1953). Em uma comparação mais nacional, é possível se lembrar das comédias de Mazzaropi e Oscarito. "Hot Rhythm" é aquele tipo de longa-metragem que muitos o definem como "Água com Açúcar". Se assim for, trata-se de uma excelente "Água com Açúcar".

O grande mérito da produção de William Beaudine está no roteiro dinâmico. O filme é sim engraçado e a trilha sonora é muito boa. Contudo, a principal qualidade de "Hot Rhythm" está em sua história dinâmica. Os problemas da trama vão se desenrolando sucessivamente e velozmente. Fica difícil largar o filme no meio. Além disso, muitas coisas acontecem simultaneamente, com os vários personagens envolvidos em tramas paralelas que se misturam indiretamente.

Aí quem rouba a cena é a atriz Irene Ryan. Ela acaba ofuscando o casal de protagonistas (Robert Lowery & Dona Drake). Atuando como uma secretária desmiolada e ambiciosa, é dela (e de Tim Ryan III, interpretando seu patrão) as cenas mais divertidas do filme. O humor é no estilo do seriado "I Love Lucy". Irene Ryan até parece (um pouco) fisicamente com Lucille Ball.

Gostei muito desta produção. "Hot Rhythm" é aquele filme para se assistir em uma tarde ou noite fria. Em baixo da coberta, com um chocolate quente à mão e bem acompanhado, é impossível não rir das trapalhadas dos personagens dessa história singela e bem formulada.

Veja um trecho de "Hot Rhythm" em que a bela Dona Drake demonstra seu talento musical:

O que você achou deste post e do conteúdo do Blog Bonas Histórias? Não se esqueça de deixar seu comentário. Se você é fã de filmes novos ou antigos e deseja saber mais notícias da sétima arte, clique em Cinema. E aproveite também para curtir a página do Bonas Histórias no Facebook.

#WilliamBeaudine #RobertLowery #DonaDrake #TimRyanIII #IreneRyan #SidneyMiller

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento