• Ricardo Bonacorci

Filmes: Noite de Verão em Barcelona - Histórias catalãs sobre o amor moderno


Nesta passada, assisti ao filme espanhol "Noite de Verão em Barcelona" (Barcelona Nit d'estiu: 2013). A produção do jovem diretor Dani de La Orden está em cartaz em várias salas de cinema do país. O longa-metragem foi a primeira grande empreitada de La Orden na direção de uma ficção cinematográfica. Antes, ele havia produzido documentários e atuado como codiretor. A receptividade de "Noite de Verão em Barcelona" foi tanta que o diretor rodou dois anos depois sua continuação: "Noite de Inverno em Barcelona" (Barcelona, Nit d'hivern: 2015). Mais recentemente, ele dirigiu a comédia "El Pregón" (2016), ainda sem título em português.

"Noite de Verão em Barcelona" apresenta seis histórias de amor que se passam no dia 18 de agosto de 2013 na cidade catalã. Neste dia, o cometa Rose atravessou o céu do continente europeu, inspirando muitos casais e influenciando seus relacionamentos. Nestas histórias, temos de tudo: as inseguranças do primeiro amor adolescente, a paixão reprimida por causa do casamento, a relação homossexual entre dois jogadores de futebol, a disputa entre dois amigos pela mesma mulher, a crise conjugal com a chegada do primeiro filho e o romance platônico entre um casal que é separado pelo destino desde a infância.

O mais interessante do filme é a forma como as tramas são narradas. Ao invés de transmiti-las de maneira separada (uma de cada vez), o que seria mais natural, elas são apresentadas simultaneamente (as cenas estão misturadas). Com isso, podemos acompanhar suas evoluções paralelamente (apresentação, complicação, clímax e desfecho).

Outro aspecto legal é perceber que o final nem sempre é feliz e romântico. Tudo depende da situação e do contexto. Alguns desfechos, por sua vez, são abertos, cabendo uma interpretação do expectador. A variedade das histórias também impressiona. É difícil apontar qual é a melhor. Aqui não há receitas prontas e maniqueísmos.

O valor de "Noite de Verão em Barcelona" está nos detalhes e nas sutilezas de suas tramas. Os atores estão bem em seus papéis e ajudam na execução dos enredos. A beleza do longa-metragem está também na despretensão. Ele não quer provocar grandes reflexões de um tema clássico. Aqui o que vale é vivenciar as dificuldades dos relacionamentos modernos. Os amores, independentemente das idades, das opções sexuais e das classes sociais, são complicados e requerem muito esforço das pessoas. Nada é simples quando aprofundado.

Apesar da grande quantidade de personagens e das várias narrativas que se sucedem simultaneamente, o filme não fica confuso em nenhum momento. Rapidamente, o expectador consegue se situar em todas as histórias e consegue acompanhá-las bem. Também não há qualquer julgamento de valores. O certo e o errado ficam à cargo da interpretação pessoal de cada um.

Gostei de "Noite de Verão em Barcelona". Trata-se de um filme simples e com um ótimo roteiro. E anote este nome: Dani de La Orden. O espanhol que hoje tem 27 anos tem potencial para ser um dos grandes diretores da sua geração. Aguardemos suas novas produções.

Veja o trailer deste longa-metragem:

O que você achou deste post e do conteúdo do Blog Bonas Histórias? Não se esqueça de deixar seu comentário. Se você é fã de filmes novos ou antigos e deseja saber mais notícias da sétima arte, clique em Cinema. E aproveite também para curtir a página do Bonas Histórias no Facebook.

#DanideLaOrden

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento