• Ricardo Bonacorci

Livros: Como Eu Era Antes de Você - O romance mais vendido em 2016 no Brasil


Durante todo o ano de 2016, a escritora e jornalista inglesa Jojo Moyes esteve na lista dos livros mais vendidos do Brasil. Sua obra de destaque é "Como Eu Era Antes de Você" (Intrínseca). O romance foi adaptado para o cinema pela diretora Thea Sharrock e o filme foi lançado no circuito comercial em junho do ano passado. A chegada desta história às salas de cinema alavancou ainda mais a vendagem do livro nas livrarias. Segundo o Publishnews, ranking mais confiável do mercado editorial brasileiro, "Como Eu Era Antes de Você" foi o livro mais comercializado no país em 2016. No terceiro lugar desta lista aparece "Depois de Você" (Intrínseca), continuação desta trama. Ou seja, 2016 foi o ano de Jojo Moyes no Brasil. Desejando conhecer os segredos deste sucesso editorial, li no final de semana passado o principal best-seller da escritora inglesa..

"Como Eu Era Antes de Você" apresenta o relacionamento ora conturbado, ora apaixonante, entre duas pessoas com características bem peculiares. Louisa Clark tem 26 anos, mora em uma pequena cidade turística da Inglaterra e parece não ter muitas ambições na vida. Ela largou os estudos há muito tempo e namora, nos últimos sete anos, um rapaz que não dá muita bola para ela. A moça também se contenta em trabalhar em empregos simples, se diverte assistindo à televisão com a família e gosta de se vestir da maneira mais esdrúxula possível.

A vida de Louisa sofre uma reviravolta quando ela é despedida do café onde trabalhava como garçonete. Com o fechamento do estabelecimento, a jovem precisa procurar um novo emprego. Precisando de dinheiro para sustentar a família pobre, Louisa aceita trabalhar como cuidadora de um rapaz tetraplégico.

Will Traynor tem 35 anos e é o filho mais velho de um casal milionário. Inteligente, culto e elegante, mas muito arrogante e genioso também, o rapaz que antigamente era um ambicioso executivo em Londres e um amante de esportes radicais, hoje está preso em casa a uma cadeira de rodas. Sem qualquer movimento no corpo, Will padece há dois anos na nova condição, o que o deixa profundamente mal-humorado e infeliz. Tudo o que o rapaz deseja é praticar a eutanásia e acabar logo com aquela vida sofrida.

É de Will que Louisa irá cuidar no período estipulado de seis meses. A mãe de Will incumbiu Louisa de reanimar o filho. A jovem deverá mostrar ao patrão os prazeres da vida e fazê-lo desistir dos planos mórbidos que vem alimentando há tanto tempo.

O relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark é um choque cultural e filosófico para ambos. Com características totalmente distintas, tanto o paciente quanto a cuidadora passam a influenciar e a ser influenciado um pelo outro. Aos poucos, Will vai retomando o prazer pelas coisas simples da vida, enquanto Louisa compreende ser possível sonhar mais alto e ter ambições maiores. A relação profissional entre a dupla rapidamente transforma-se em um sentimento de amizade e de admiração mútua. Quando a amizade se transforma em paixão, os destinos dos protagonistas desta história sofrerão uma considerável alteração de curso.

Publicado pela primeira vez, em 2012, na Inglaterra, "Como Eu Era Antes de Você" é um livro de 318 páginas. Com uma trama bem amarrada e de leitura fácil, é possível lê-lo em três noites. Jojo Moyes consegue construir um romance envolvente e cativante em que percorremos avidamente seus capítulos em busca do final da narrativa.

São dois os principais méritos desta obra. O primeiro aspecto a ser ressaltado é a riqueza na construção das personagens. Aqui o realismo é acentuado e todos os envolvidos na história possuem traços marcantes e uma enxurrada de defeitos, inclusive o casal de protagonista. Esta característica do enredo dá mais veracidade à trama e, curiosamente, nos aproxima mais das personagens. Além disso, o abuso na caricaturização dos personagens por parte da autora confere elementos de humor e de leveza à narrativa. Impossível não se divertir com as criações amalucadas que desfilam pelas páginas do livro.

Louisa, por exemplo, é uma heroína com comportamentos totalmente únicos na história da literatura. Ela se parece mais com uma protagonista de uma trama de humor pastelão do que de um livro de amor. Sua falta de habilidade para se vestir reflete muito da sua fraca condição psicológica e do seu alto grau de infantilidade.

Will Traynor, por sua vez, não se enquadra no perfil de mocinho tradicional. Suas condições físicas (ou a falta delas) e, principalmente, seu comportamento de anti-herói surpreendem o leitor (principalmente no início). Impossível não se emocionar nem torcer por este casal completamente diferente de todos os outros pares românticos da literatura.

O segundo aspecto interessante desta obra está no fato de Jojo Moyes não abrir mão do relato realista e do pragmatismo. O drama relatado no livro é totalmente verossímil e seus desdobramentos são completamente lógicos e sem invencionices. Ao invés de indicar uma falta de talento por parte da escritora, esta escolha narrativa demonstrou todo o talento de Moyes. A autora, em nenhum momento, utiliza de escapismo, de falsas esperanças e de recursos irreais para pontuar sua triste história (o que é bem comum de encontrarmos em romances com esta temática de superação e de limitações). Por isso, a forte carga dramática e os elementos reflexivos gerados ao final de "Como Eu Era Antes de Você".

Moyes é bem perspicaz e detalhista em retratar o drama dos protagonistas, sem abrandar nem recair para desfechos ultrarromânticos e piegas. Por isso, gostei muito do final. Ele chega a surpreender por ser muito lógico e extremamente natural. Além disso, a autora não leva seu romance ao dramalhão sentimental. Apesar de mergulhar em um relato muito triste, o leitor raramente derrama lágrimas durante a leitura das páginas da publicação (pelo menos foi assim comigo).

"Como Eu Era Antes de Você" é um livro gostoso de lerr e que cumpre bem a sua função de entretenimento. Ele chega até a gerar, no final, certa reflexão filosófica sobre o valor da vida e sobre nosso comportamento no dia a dia. Jojo Moyes sabe construir uma história delicada, envolvente e muito criativa, com personagens únicos. Sem sombra de dúvida, trata-se de uma talentosa escritora da nova geração deste gênero de ficção.

Gostou deste post e do conteúdo do Blog Bonas Histórias? Se você é fã de literatura, deixe seu comentário aqui. Para acessar as demais críticas, clique em Livros. E aproveite para curtir a página do Bonas Histórias no Facebook.

#JojoMoyes #LiteraturaInglesa #Romance #Drama

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento