• Ricardo Bonacorci

Livros: Perdas & Ganhos - O best-seller de Lya Luft


"Perdas & Ganhos" (Record), o terceiro livro analisado nesse Desafio Literário, é o maior sucesso editorial da carreira de Lya Luft. As vendas da obra atingiram a marca de sete dígitos e transformaram a escritora gaúcha em um dos principais nomes da literatura nacional. A publicação permaneceu por mais de dois anos na lista dos mais vendidos do Brasil e foi traduzida para vários países. Trata-se de um feito espetacular para um livro que é um ensaio, gênero pouco explorado editorialmente e pouco popular em nosso país. Com o êxito de "Perdas & Ganhos", Lya Luft se tornou colunista da revista Veja e adquiriu status de uma das mais influentes intelectuais brasileiras da atualidade.

Publicado em 2003, "Perdas & Ganhos" representou o auge da fase ensaísta de Lya Luft. Nas décadas de 1980 e 1990, os lançamentos da autora foram majoritariamente romances. Nesse período, dos catorze livros publicados por Luft, oito eram romances. Até o final da década de 1990, o único ensaio da escritora tinha sido o despretensioso "O Rio do Meio" (Mandarim), de 1996. A partir de 2000 é que essa tendência se inverteu radicalmente. Lya Luft passou a se dedicar mais aos ensaios e às crônicas, deixando em segundo plano a construção dos romances. Por isso, há quem a veja atualmente mais como ensaísta e cronista do que como romancista (um grave equívoco se considerarmos a qualidade dos romances da primeira fase da carreira da escritora).

O primeiro livro da nova fase foi "Histórias do Tempo" (Mandarim), de 2000, em que o tema discutido era a maneira como as pessoas encaram a passagem dos anos. Depois, em 2002, foi a vez de "Mar de Dentro" (Record), livro em que a autora narra sua infância, misturando realidade e ficção. "Perdas & Ganhos" foi o terceiro ensaio de Luft no século XXI. O sucesso da obra foi arrebatador. A publicação alcançou o topo da lista dos livros mais vendidos do país entre 2003 e 2005.

Como consequência do êxito comercial de "Perdas & Ganhos", nos anos seguintes, foram lançados mais sete livros de crônicas e de ensaios de Lya Luft: "Pensar é Transgredir" (Record), de 2004, "Em Outras Palavras" (Record), de 2006, "Criança Pensa" (Record), de 2009, "Múltipla Escolha" (Record), de 2010, "A Riqueza do Mundo" (Record), de 2011, "O Tempo é um Rio que Corre" (Record), de 2013, e "Paisagem Brasileira" (Record), de 2015. Enquanto isso, a autora lançou apenas dois livros infantis e três ficções adultas nos últimos dezessete anos.

A própria Lya Luft considera "Perdas & Ganhos" como sendo uma continuação natural de "O Rio do Meio", seu primeiro ensaio. Veja as palavras da autora escritas no início de "Perdas & Ganhos":

"Que livro é este? Talvez um complemento ao 'O Rio do Meio', de 1996. Escrito na mesma linha, retomando vários do que são meus temas. Toda a minha obra é elíptica ou circular: tramas e personagens espiam aqui e ali com nova máscara. Fazem isso porque não se esgotaram em mim, ainda os vou narrando. Provavelmente assim continuarei até a última linha do derradeiro livro. Que livro é este, então? Eu não chamaria de ensaios, porque o tom solene e a fundamentação teórica que o termo sugere não são jeito meu. Certamente não é romance nem ficção. Também não são ensinamentos - o que não os tenho para dar".

Diferentemente do que Lya Luft afirma, considero "Perdas & Ganhos" um ensaio sim. Porém, ele é um ensaio informal, em que a escritora fundamenta sua visão sobre a vida e sobre o mundo de maneira coloquial, sem o rigor dos textos científicos e acadêmicos. Luft fala o que sente, vê, pensa e acredita. A obra também pode ser encarada como uma coletânea de crônicas em que os temas convergem para os desafios da mulher madura que acaba, querendo ou não, envelhecendo, mas que não aceita abrir mão de sua felicidade.

"Perdas & Ganhos" é um livro pequeno, com apenas 160 páginas. É possível lê-lo em uma tarde ou em uma noite. Os principais temas abordados por ele são: desvalorização da infância, as principais falhas na criação de filhos e netos, o comportamento recorrente das mulheres que se anulam visando a felicidade de filhos e maridos, a violência das sociedades machistas, os temores mais íntimos de mulheres e homens, os dramas dos relacionamentos amorosos, as dificuldades mais comuns do convívio familiar, a angústia de envelhecer em uma sociedade que cultua a juventude, a busca pela felicidade na fase madura da vida, os desafios da velhice e as maneiras de lidar com a morte e as perdas naturais da existência humana.

Ler "Perdas & Ganhos" é mergulhar em temas espinhosos que afetam diariamente e diretamente todas as pessoas. Lya Luft produz um texto gostoso e encantador. A impressão é que estamos na sala de casa conversando às sós com a escritora. Nesse bate-papo franco, não há espaço para meias-verdades ou enrolações de nenhuma das partes. Tudo aquilo que nos acostumamos a esconder em baixo do tapete de nossa alma é aqui descortinado de maneira simples pela autora. O tom poético do texto é ressaltado com a apresentação de uma poesia (feita pela própria Luft) na abertura de cada capítulo.

Esse livro pode ser (obviamente) lido por todas as pessoas, mas acredito que ele seja mais indicado para quem está em uma fase mais madura da vida. Ou seja, o público-alvo de "Perdas & Ganhos" são homens e mulheres responsáveis pela criação dos filhos e pelo comando familiar ou quem já possui netos e entrou em uma fase em que a juventude está um pouco distante. Apesar de focar nos desafios, nos dramas, nos sonhos e nas angústias femininas, Lya Luft escreve tanto para os homens quanto para as mulheres. Se as leitoras vão se identificar imediatamente com o texto do livro, os leitores, por sua vez, têm a oportunidade de conhecer um lado feminino desconhecido por muitos deles ou raramente debatido na literatura.

Lembro que li essa obra pela primeira vez em 2013. O livro foi presente de aniversário dado por uma grande amiga (Beijo, Fabrícia!). Naquela época, achei "Perdas & Ganhos" incrível. Muitas coisas (admito um tanto envergonhado agora) eu não entendia no comportamento "amalucado" das mulheres a minha volta. Elas pareciam estar sempre neuróticas, mal-humoradas e estressadas. Para piorar, culpavam constantemente seus maridos, namorados e companheiros por suas frustrações. Porém, ajudado pela visão de Lya Luft, passei a entender melhor aqueles comportamentos "caóticos" da mulherada. Repare que troquei a expressão "amalucada" por "caótica". Isso, por si só, já foi um grande avanço de minha parte, oriundo da leitura do livro. Grande parte das atitudes e frustrações das mulheres possui origem social e cultural. É nesse ponto que a autora mergulha sua análise de forma impecável.

"Perdas & Ganhos" é uma obra libertadora para as mulheres. Ao percorrer as páginas do livro, elas podem entender, enfim, a origem dos seus dramas mais íntimos. Também podem identificar o que acontece/aconteceu em suas vidas em cada fase da existência. Para os homens de todas as idades, a publicação é profundamente didática. Afinal, eles podem entender de uma vez por todas o que se passa com suas companheiras. Com esse conhecimento, será difícil culpá-las quando as coisas não dão certo na família ou no matrimônio (muitas vezes, são elas as maiores vítimas e não as principais vilãs).

Foi a partir desse livro que passei a gostar de Lya Luft e a procurar ler outras obras da autora. Antes de 2013, eu só conhecia o trabalho da escritora pelas suas colunas na revista Veja. Ali, considerava os textos da gaúcha chatos e repetitivos. Com a leitura de "Perdas & Ganhos", descobri a riqueza e a profundidade de uma artista com uma visão apurada da realidade contemporânea.

Ao reler agora esse livro para o Desafio Literário, solidifiquei minha impressão inicial. Lya Luft é realmente incrível! Se você tiver que ler só um livro dela, leia "Perdas & Ganhos". Esse é daquele tipo de best-seller que faz justiça ao seu status de sucesso editorial.

O Desafio Literário de outubro continua na próxima quarta-feira, dia 18. O quarto livro de Lya Luft que será analisado aqui no Bonas Histórias é "Pensar é Transgredir". Espero vocês aqui no blog!

Gostou da seleção de autores e de obras do Desafio Literário? Que tal o Blog Bonas Histórias? Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário aqui. Para saber mais sobre as Análises Literárias do blog, clique em Desafio Literário. E não deixe de curtir a página do Bonas Histórias no Facebook.

#LyaLuft #ColetâneadeCrônicas #LiteraturaBrasileira

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento