• Ricardo Bonacorci

Desafio Literário: Balanço de 2018


Já estamos em fevereiro e, confesso, meus pensamentos estão agora voltados quase que integralmente para o Desafio Literário de 2019. Desde o mês passado, estou selecionando os autores e as obras que desejo investigar a partir de abril. O próximo Desafio Literário será a quinta edição que o Bonas Histórias divulga com exclusividade. Se você é fã de nossas análises literárias, fique ligado(a), pois em breve vou divulgar o calendário com os estudos que faremos neste ano aqui no blog.Contudo, sei que, antes de avançarmos no planejamento do Desafio Literário de 2019, é necessário fazermos uma retrospectiva rápida do que foi visto em 2018. Para se olhar para frente com inteligência, é preciso, antes de qualquer coisa, olhar para trás com sabedoria. Eu costumo realizar esse apanhado geral dos escritores e dos livros estudados nesta coluna do Bonas Histórias no final do ano. Excepcionalmente dessa vez, deixei para fazer em fevereiro do ano seguinte. Acho que isso não atrapalhará em nada nossa análise.

Em 2018, o Desafio Literário se manteve como a seção mais visitada do Bonas Histórias. Por isso, ampliamos sua cobertura em um mês. Se antes a coluna ia de maio a novembro, desde o ano passado ela passou a ser feita de abril a novembro. Além disso, aumentamos o número de obras analisadas de cada autor. Se antes eram cinco os livros estudados de cada escritor, agora são seis. Acredito que, dessa maneira, podemos fazer uma análise estilística mais precisa.

Os critérios para as escolhas dos nomes estudados no Desafio Literário se mantiveram intactos. Os autores podem ser nacionais ou estrangeiros, clássicos ou contemporâneos, populares ou cultuados nos meios intelectuais e artísticos. Para o Blog Bonas Histórias, não existe a divisão preconceituosa de alta ou baixa literatura. O que existe é literatura e ponto final. Não por acaso, nosso lema é: “Literatura na veia: Sem frescura e sem preconceitos!”. Assim, nossa seleção de escritores tenta englobar a maior variedade possível de figuras e livros. Tentamos escolher nomes com diferenças temporais, geográficas, de sexo, de gêneros literários e de estilos artísticos. A riqueza está na heterogeneidade!

Com esses pressupostos em mente, o Desafio Literário de 2018 analisou a literatura de J. M. Coetzee (África do Sul), Juan Carlos Onetti (Uruguai), Herta Muller (Alemanha), Rubem Fonseca (Brasil), Xinran (China), Albert Camus (França), Patricia Highsmith (Estados Unidos) e Fernando Sabino (Brasil). Nada mal esta seleção, hein?!

Para quem não estiver lembrado, em 2015, investigamos Mia Couto (Moçambique), Nick Hornby (Inglaterra), Jorge Amado (Brasil), John Green (Estados Unidos), Ignácio de Loyola Brandão (Brasil), Harlan Coben (Estados Unidos) e Stephen King (Estados Unidos). Em 2016, estudamos Graciliano Ramos (Brasil), Agatha Christie (Inglaterra), Pablo Neruda (Chile), Sidney Sheldon (Estados Unidos), Paulo Coelho (Brasil), Khaled Hosseini (Afeganistão) e Italo Calvino (Itália). E em 2017, os autores contemplados pela investigação literária do Blog Bonas Histórias foram: Machado de Assis (Brasil), Régine Deforges (França), Haruki Murakami (Japão), Nora Roberts (Estados Unidos), Markus Zusak (Austrália), Lya Luft (Brasil) e Ondjaki (Angola). Dessa maneira, chegamos, até este momento, a incrível marca de 29 escritores analisados em profundidade ao longo das quatro edições do Desafio.

Quem quiser rever as análises literárias do Desafio Literário do ano passado, segue, a seguir, a lista completa de posts desta coluna do blog:

Abril/2018 - J. M. Coetzee – ÁFRICA DO SUL

5 de abril - "À Espera dos Bárbaros" (1980)

9 de abril - " Vida e Tempo de Michael K” (1983)

13 de abril - "Infância" (1998)

17 de abril - "Desonra" (1999)

21 de abril - "Juventude" (2002)

25 de abril - "Diário de Um Ano Ruim" (2007)

29 de abril - Análise Literária de J. M. Coetzee

Maio/2018 - Juan Carlos Onetti - URUGUAI

7 de maio - "O Poço" (1939)

11 de maio - "A Vida Breve" (1950)

15 de maio - "Para uma Tumba Sem Nome" (1959)

19 de maio - "O Estaleiro" (1961)

23 de maio - "Junta-Cadáveres" (1965)

27 de maio - "Deixamos Falar o Vento" (1979)

31 de maio - Análise Literária de Juan Carlos Onetti

Junho/2018 - Herta Muller - ALEMANHA

6 de junho - "Depressões" (1982)

10 de junho - "O Homem é um Grande Faisão no Mundo" (1986)

14 de junho - "A Raposa já era o Caçador" (1992)

18 de junho - "O Compromisso" (1997)

22 de junho - "O Rei se Inclina e Mata" (2003)

26 de junho - "Sempre a Mesma Neve e Sempre o Mesmo Tio" (2011)

30 de junho - Análise Literária de Herta Muller

Julho/2018 - Rubem Fonseca - BRASIL

6 de julho - "Lúcia McCartney" (1969)

10 de julho - "O Caso Morel" (1973)

14 de julho - "Feliz Ano Novo" (1975)

18 de julho - "A Grande Arte" (1983)

22 de julho - "O Selvagem da Ópera" (1994)

26 de julho - "José" (2011)

30 de julho - Análise Literária de Rubem Fonseca

Agosto/2018 - Xinran - CHINA

5 de agosto - "As Boas Mulheres da China" (2002)

11 de agosto - "Enterro Celestial" (2004)

15 de agosto - "O que os Chineses Não Comem" (2006)

19 de agosto - "As Filhas Sem Nome" (2008)

23 de agosto - "Mensagem de uma Mãe Chinesa Desconhecida" (2010)

27 de agosto - "Compre-me o Céu" (2015)

31 de agosto - Análise Literária de Xinran

Setembro/2018 - Albert Camus - FRANÇA

6 de setembro - “O Estrangeiro” (1942)

10 de setembro - “O Mito de Sísifo” (1942)

14 de setembro - “O Homem Revoltado” (1951)

18 de setembro - “A Esperança do Mundo” (1962)

22 de setembro - "A Peste" (1972)

26 de setembro - "A Queda" (1972)

30 de setembro - Análise Literária de Albert Camus

Outubro/2018 - Patricia Highsmith – ESTADOS UNIDOS

6 de outubro - "Pacto Sinistro" (1950)

10 de outubro - "Carol" (1952)

14 de outubro - "O Talentoso Ripley" (1955)

18 de outubro - "Ripley Subterrâneo" (1970)

22 de outubro - "O Álibi Perfeito" (1993)

26 de outubro - "Small G" (1995)

30 de outubro - Análise Literária de Patricia Highsmith

Novembro/2018 – Fernando Sabino - BRASIL

5 de novembro - " O Encontro Marcado" (1959)

9 de novembro - " O Grande Mentecapto" (1979)

13 de novembro - " O Menino no Espelho" (1982)

17 de novembro - " As Melhores Crônicas de Fernando Sabino" (1986)

21 de novembro - " Martini Seco" (1987)

25 de novembro - "A Nudez da Verdade" (1994)

29 de novembro - Análise Literária de Fernando Sabino

Repare que analisamos 48 livros entre abril e novembro, um recorde até agora no Desafio Literário. O número de páginas lidas e comentadas ultrapassou novamente a marca de 10 mil. Entretanto, mais interessante do que verificar a quantidade é notar a qualidade do que foi estudado. Dos oito autores analisados, temos três vencedores do Prêmio Nobel (J. M. Coetzee, Herta Muller e Albert Camus) e uma indicada ao prêmio máximo da literatura mundial (Patricia Highsmith). Ou seja, metade da nossa lista é formada por notáveis. Na outra metade, temos o autor uruguaio mais importante do século XX (Juan Carlos Onetti) e a escritora chinesa mais popular da atualidade (Xinran). Dos brasileiros contemplados (Rubem Fonseca e Fernando Sabino), ambos conquistaram os principais prêmios da nossa língua (Rubem Fonseca ganhou o Prêmio Camões e Fernando Sabino o Machado de Assis). Duvido que alguém em sã consciência questione a qualidade do que estudamos.

Para manter a excelência dos estudos do Desafio Literário, informo que estou preparando com carinho uma lista tão boa para 2019 quanto foi esta de 2018. Não perca as novidades do Blog Bonas Histórias. Até a metade de março já terei divulgado a seleção de autores e obras do próximo Desafio. Aguarde!

Gostou da seleção de autores e de obras do Desafio Literário? Que tal o Blog Bonas Histórias? Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário aqui. Para saber mais sobre as Análises Literárias do blog, clique em Desafio Literário. E não deixe de curtir a página do Bonas Histórias no Facebook.

#AnáliseLiterária

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento