• Ricardo Bonacorci

Mercado Editorial: Livros – Lançamentos em janeiro e fevereiro de 2020


Trago boas novas! A partir de hoje, a coluna Mercado Editorial divulgará bimestralmente os livros recém-lançados no Brasil. A ideia é informar em primeira-mão aqueles leitores que não querem perder nenhuma novidade do universo literário. Assim, o Bonas Histórias contribuirá de outra maneira para o incentivo à leitura e à promoção das obras literárias. Nossos catálogos de publicações incluirão ficção (romances, novelas, coletâneas de contos e de crônicas, ensaios e literatura infantojuvenil) e poesia. Vamos abordar tanto títulos de autores nacionais quanto de autores internacionais. Neste post de estreia da nova série, são apresentados 37 livros que foram lançados entre janeiro e fevereiro de 2020. Confira!


Ficção Brasileira:


A Peste das Batatas” (Pomelo) – Paulo Sousa - Romance (192 páginas).

“Dionísio em Berlim” (Quelônio) – Tiago Novaes – Romance (176 páginas).

“Os Jacarés” (Grua) – Carlos Eduardo Magalhães – Romance (128 páginas).

“O Último Trem da Cantareira” (Editora 34) – Antonio Arnoni Prado – Romance (128 páginas).

“A Idade de Ouro do Brasil” (Alfaguara) – João Silvério Trevisan – Romance (216 páginas).

“Ela Queria Amar, Mas Estava Armada” (Instante) – Liliane Prata – Coletânea de Contos (224 páginas).

“Sobre os Canibais” (Companhia das Letras) – Caetano W. Galindo – Coletânea de Contos (200 páginas).

“Como Se Mata Uma Ilha” (Zouk) – Priscila Pasko – Coletânea de Contos (80 páginas).

“Os Dias Antes de Nenhum” (Patuá) – Ricardo Terto – Coletânea de Contos (104 páginas).

“Calma, Estamos Perdidos” (Positivo) – Luís Henrique Pellanda - Coletânea de Crônicas (224 páginas).

“Boi na Linha” (Raiz) – Andréa Apa e Jonathas Martins – Literatura Infantojuvenil (48 páginas).

“Cascudinho – O Peixe Contador de Histórias” (Editora do Brasil) – José Bessa Freire - Literatura Infantojuvenil (48 páginas).


Ficção Estrangeira:


“Arquipélago Gulag” (Carambaia) – Aleksandr Soljenítssyn (Rússia) – Romance (704 páginas).

“A Ilha do Tesouro” (Antofágica) – Robert Louis Stevenson (Escócia) – Romance (368 páginas).

“A Mãe” (Nova Fronteira) – Máximo Górki (Rússia) – Romance (352 páginas).

“O Asno de Ouro” (Editora 34) – Apuleio (Itália) – Romance (264 páginas).

“O Templo” (Editora 34) – Stephen Spender (Inglaterra) – Romance (240 páginas).

“Uma Noite com Sabrina Love” (Todavia) – Pedro Mairal (Argentina) – Romance (160 páginas).

“Sistema Nervoso” (Todavia) – Lina Meruane (Chile) – Romance (240 páginas).

“O Romance da Minha Vida” (Boitempo) – Leonardo Padura (Cuba) – Romance (328 páginas).

“O Médico e o Monstro e Outros Experimentos” (Antofágica) - Robert Louis Stevenson (Escócia) – Novela e Coletânea de Contos (352 páginas).

“Caderno de Talamanca” (Âyine) – E. M. Cioran (Romênia/França) - Novela (58 páginas).

“Três Guinéus” (Autêntica) – Virginia Woolf (Inglaterra) – Ensaio (264 páginas).

“Francisco de Assis” (Record) – Hermann Hesse (Alemanha) – Ensaio (128 páginas).

“Carta à Minha Filha” (Agir) – Maya Angelou (Estados Unidos) – Ensaio (144 páginas).

“A Água e a Águia” (Companhia das Letrinhas) – Mia Couto (Moçambique) – Literatura Infantojuvenil (32 páginas).

“Lute como uma Princesa” (Boitatá) – Vita Murrow e Julia Bereciartu (Índia/Estados Unidos) – Literatura Infantojuvenil (96 páginas).

Poesia Brasileira:


“Roendo Unha” (Pedra Papel Tesoura) – Fabrício Corsaletti (48 páginas).

“7 em 1” (Gryphus) – Jorge Salomão (252 páginas).

“Rose Ausländer” (Eduerj) – Simone Brantes (224 páginas).

“Os Invisíveis – Tragédias Brasileiras” (Bertrand Brasil) – Carlos Nejar (364 páginas).

“Preocupações” (Macondo) – Ana Guadalupe (84 páginas).

“Fabulário” (Confraria do Vento) – Ana Santos (92 páginas).

“Uma História do Paraíso & Outros Poemas” (Patuá) – Ruy Espinheira Filho (108 páginas).


Poesia Internacional:


“Poesia” (Perspectiva) – Bertolt Brecht (Alemanha) - 584 páginas.

“O Tempo Adiado e Outros Poemas” (Todavia) – Ingeborg Bachmann (Áustria) - 208 páginas.

“Poemas” (Loplop/Elefante) – Robert Desnos (França) - 128 páginas.


No mês que vem, retorno à coluna Mercado Editorial para trazer os lançamentos de março e abril deste ano. Até lá!


Gostou deste post e do conteúdo do Blog Bonas Histórias? Se você se interessa por informações do mercado editorial, deixe aqui seu comentário. Para acessar outras notícias dessa área, clique em Mercado Editorial. E aproveite para curtir a página do Bonas Histórias no Facebook.

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento