• Ricardo Bonacorci

Celebrações: 1.000 posts do Bonas Histórias


Esta é uma data especial para o Bonas Histórias. Com a publicação de hoje, chegamos aos 1.000 posts. Eu disse 1.000!!! Uhuuuuuuh! Esse número marcante foi atingido em cinco anos e meio de atividades ininterruptas do blog. Ao alcançar tal feito, sinto-me como o jogador de futebol que completou 1.000 gols na carreira (e sem usar subterfúgios estatísticos, viu Romário, Túlio e companhia!). Ou como o ator que registra quatro dígitos de trabalhos na frente das câmeras e dos palcos. Ou como o escritor que chega à sua milésima publicação. Uma marca tão expressiva como esta do Bonas Histórias merecia sem dúvida nenhuma uma menção de destaque em sua coluna Premiações e Celebrações. Por isso, a ideia de usar o post 1.000 para falar exatamente do post 1.000! Quem disse que o nosso blog não é chegadinho a uma metalinguagem, hein?


Com uma média de uma publicação a cada dois dias desde 1º de dezembro de 2014, o Bonas Histórias consolida-se como um dos principais blogs de literatura, cultura e entretenimento em língua portuguesa. E quem diz isso não sou apenas eu e sim o mercado. Basta fazer uma pesquisa rápida no Google para ver a posição privilegiada que o Bonas Histórias se encontra entre os blogs de literatura e cultura. Além disso, nossa audiência tem crescido substancialmente nos últimos anos. É incrível notar que há milhares de leitores interessados em um conteúdo tão específico (infelizmente, a literatura e a cultura ainda são nichos de mercado em nosso país).


1.000 posts! Espantosa essa marca, hein? Admito que passaria o dia repetindo essas frases. Até agora não acredito nesse número. Ainda me lembro do post número 1 do Bonas Histórias, que anunciava a nossa proposta, Celebrações: Início do Bonas Histórias – O blog de literatura, cultura e entretenimento. Também recordo da análise da primeira obra literária, Livros: A Extraordinária Viagem do Faquir que Ficou Preso em um Armário Ikea - O best-seller de Romain Puértolas, do primeiro longa-metragem, Filmes: Homens, Mulheres e Filhos - Os efeitos danosos da tecnologia, do primeiro espetáculo cênico, Peças teatrais: O Homem de La Mancha - A beleza de um clássico, da primeira canção, Músicas: Todo Carnaval Tem Seu Fim - As sábias palavras de Marcelo Camelo, da primeira mostra, Exposições: WARM Art Space - A primeira do novo espaço cultural, do primeiro restaurante, Gastronomia: On Va Manger - Francês descolado, bem servido e barato, e do primeiro passeio cultural, Passeios: Diálogo no Escuro - Experimentando o mundo sem a visão.

E o que dizer, então, do primeiro autor analisado no Desafio Literário, Análise Literária: Mia Couto, da primeira série narrativa, Crônicas: Eu e o Mundo – Apresentação da série, da primeira temporada da Teoria Literária, Teoria Literária: Análise Literária – Apresentação, da estreia do Talk Show Literário, Talk Show Literário: Apresentação do programa, do início do Miliádios Literários, Miliádios Literários: maio/2020, da primeira edição do Prêmio Melhores Músicas Ruins, Melhores Músicas Ruins: Premiação de 2015, e da primeira coletânea de Recomendações, Recomendações: Retrospectiva - Melhores livros do Bonas Histórias em 2015?! Não tenho palavras para expressar minha alegria.


Por outro lado, olhando em retrospectiva, vejo o quanto eram mal escritos, curtinhos e pobres de conteúdo os posts de cinco anos atrás. Confesso que até sinto uma pontinha de vergonha deles. Contudo, sem suas publicações e considerando, obviamente, o processo natural de aperfeiçoamento e evolução, tenho certeza de que não chegaríamos ao padrão de qualidade dos conteúdos atuais, esses sim mais próximos do que almejamos.


Hoje em dia, o conteúdo do Bonas Histórias é 75% voltado para a literatura. São sete colunas destinadas a este tema: Livros – Crítica Literária, Desafio Literário, Teoria Literária, Talk Show Literário, Miliádios Literários, Contos & Crônicas e Mercado Editorial. Outros 20% dos posts são sobre Cinema. Os 5% restantes são dedicados às demais áreas culturais: Músicas, Teatro, Exposições, Gastronomia e Passeios. Há também colunas que apoiam todas as áreas: Rádio, TV e Internet, Cursos e Eventos, Premiações e Celebrações e Recomendações.


Desses 1.000 posts, eu fui o responsável (ou deveria dizer culpado?) por 985 publicações. Paulo Sousa desenvolveu 14 posts, entre a narrativa Histórias de Macambúzios e a coluna Miliádios Literários, e Débora Pesso fez um post. Gostaria de agradecer tanto a eles quanto aos nossos parceiros comerciais nessa caminhada: Editora Pomelo, BonaBelle Design & Organização, Dança & Expressão, Epifania Conteúdo Inteligente, Casa com Afeto e Eduardo Villela Book Advisor. E eu não poderia deixar de agradecer também aos nossos leitores, que fazem a roda do blog girar diariamente. Muito obrigado a todos vocês!


Saibam que agora vamos trabalhar para atingir a marca de 2.000 posts. Ao infinito... e além!!!


Que tal este post e o conteúdo do Bonas Histórias, hein? Deixe seu comentário aqui. Para acompanhar os demais posts dessa coluna, acesse Premiações e Celebrações. E não se esqueça de nos acompanhar nas redes sociais – Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn.

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento