• Ricardo Bonacorci

Gastronomia: Casinha Mineira - Fartura na Bela Vista


Ainda está para chegar o dia em que ficarei decepcionado com a cozinha mineira. Nunca eu saí de um restaurante de comida mineira desapontado com o que encontrei ali. Seja pela quantidade ou pela qualidade, este tipo de cultura culinária sempre me agradou. E não foi diferente desta vez. Fui, na semana retrasada, ao restaurante "Casinha Mineira" e, de modo geral, sai satisfeito com a experiência passada ali.

A "Casinha Mineira" foi fundada pela chef Maria Inês, vinda da cidade mineira de Passos, e teve seu primeiro endereço na Vila Olímpia. Em 2013, o estabelecimento se mudou para o local atual, na Rua São Carlos do Pinhal, no bairro da Bela Vista. Na nova casa, de salão simples, paredes de tijolos aparentes e mesas de madeira, o ambiente é despojado e convidativo. Aberto apenas de segunda a sábado na hora do almoço, o cardápio do restaurante tem como destaque a "Vaca Atolada" (costela de boi cozida por várias horas), a porção de torresmo, a feijoada (servida de quarta e sábado) e os "Esquadrões da Obra" (combinação de carne de vaca ou de frango com porções fartas de arroz, feijão e outros acompanhamentos). Prove também, de sobremesa, o "Brigadeiro de Colher". Além de muito gostoso, ele vem servido de uma maneira bem interessante e diferente.

O grande diferencial da "Casinha Mineira" é a sua fartura. As porções são individuais, mas é difícil alguém sair com fome dali com a quantidade de comida servida em cada prato. O preço também agrada. Apesar de estar localizado a alguns metros da Avenida Paulista, o estabelecimento não maltrata o bolso dos clientes. A comida é gostosa, fazendo o "estilo caseiro".

O que mais me chamou a atenção, contudo, foi o ótimo atendimento. Todos os funcionários foram muito educados e corteses. Destaque para os garçons. Eles possuem um atendimento caloroso e próximo.

Se você estiver na hora do almoço pela região da Avenida Paulista, entre o MASP e o prédio da Gazeta, e deseja comer bem sem gastar muito, fica aqui a dica: a Casinha Mineira. Bom apetite!

Que tal este post e o conteúdo do Bonas Histórias? Compartilhe sua opinião conosco. Para conhecer as demais críticas gastronômicas do blog, clique na coluna Gastronomia. E não se esqueça de curtir a página do blog no Facebook.

#Gastronomia #restaurante #SãoPaulo

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Epifania Conteúdo Inteligente é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Keli Quitutes

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Bonas Histórias | blog de literatura, cultura e entretenimento | bonashistorias.com.br

Blog de literatura, cultura e entretenimento