• Paulo Sousa

Miliádios Literários: novembro/2021

Nunca antes na história desse país houve uma coluna miliádica tão literariamente densa, uma pepita de ouro que Paulo Sousa traz ao blog Bonas Histórias.

Miliádios Literários: novembro de 2021 - Paulo Sousa

Você sabe o que é densidade? É o conceito da física que mede o quanto de massa há num determinado volume. Fazendo essa introdução, podemos falar com total certeza de que a coluna Miliádios Literários de novembro, tão necessária à saúde mental dos brasileiros e dos leitores do Bonas Histórias, tem alta densidade literária.


Provamos isso ao iniciar com Lygia Fagundes Telles, a dama da literatura, autora de “Ciranda de Pedra”, “As Meninas” e “Seminário dos Ratos” (Companhia das Letras), que faz 36 miliversários no dia 10. Até hoje, Lygia ganhou inúmeros prêmios, a saber: quatro Jabutis, quatro Prêmios da APCA, um Prêmio Camões e um Prêmio Juca Pato.


António de Alcântara Machado, que escreveu “Brás, Bexiga e Barra Funda” (Melhoramentos) e “Laranja da China” (Clube de Autores), faria 44 miliversários no dia 11. António foi advogado e chegou a se eleger deputado federal, mas faleceu precocemente, com pouco mais de 12 miliádios de vida.


Quem também faleceu em circunstâncias atípicas foi Euclydes da Cunha que, como jornalista, cobriu a Guerra de Canudos. Dessa experiência escreveu “Os Sertões” (Penguin), obra pré-modernista que entrou para a história da literatura brasileira. Seu mérito foi reconhecido ao se tornar membro da Academia Brasileira de Letras. Seu falecimento aconteceu há 41 miliádios completados no dia 15.


Sua morte teve tom de tragédia pois, tendo descoberto a relação extraconjugal da esposa, fora tomar satisfação e assassinar o amante. Acabou ele sendo assassinado, num episódio conhecido como Tragédia da Piedade.


José Lins do Rego, autor de “Menino de Engenho”, “Fogo Morto” e “Doidinho” (José Olympio), faria 44 miliversários no dia 20. O advogado é considerado um dos maiores romancistas regionalistas da história, tanto que foi eleito para a Academia Brasileira de Letras. José também foi cronista de jornais como Diários Associados e O Globo.


Maria Firmina dos Reis nasceu no Maranhão e foi professora de primeiras letras. Ao lançar seu livro de estreia, “Úrsula” (Penguin), tornou-se a primeira mulher a publicar um romance no Brasil. Com o lançamento de “A Escrava” (Penguin), marcou época por ser defensora do movimento abolicionista. Seu falecimento completa 38 miliádios no dia 25.


E, assim, terminamos a coluna Miliádios Literários mais densa da história. Com apenas cinco escritores, trouxemos prêmios, cadeiras silogísticas e posturas vanguardistas que moldaram a literatura nacional. Nos vemos no mês que vem aqui no Bonas Histórias!


Miliádios Literários é a coluna de Paulo Sousa, autor do romance “A Peste das Batatas” (Pomelo), da novela “Histórias de Macambúzios” e da coletânea poética “Acinte 2020”. Em seus textos, Paulo apresenta mensalmente no Bonas Histórias as principais efemérides da literatura. Para ler os demais posts dessa seção, clique em Miliádios Literários. E não deixe de nos acompanhar nas redes sociais – Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn.

A Editora Pomelo é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 39 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

Mandarina é a livraria diferenciada que está localizada em Pinheiros, na cidade de São Paulo
A Epifania Comunicação Integrada é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Psicorama é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
BonaBelle Design & Organização é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento