top of page

Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura, arte e entretenimento criado por Ricardo Bonacorci em 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, dança, teatro, exposição, pintura e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 43 anos, mora em Buenos Aires e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

  • Foto do escritorRicardo Bonacorci

Recomendações: Melhores posts do Bonas Histórias - Parte III

Na terceira e última publicação da Série Melhores, apontamos o conteúdo de destaque de mais seis colunas do blog. Confira essa singela retrospectiva de quase nove anos de trabalho do Bonas Histórias.

A terceira e última parte da Série Melhores apresenta os posts mais interessantes de seis colunas do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014

Se você caiu de paraquedas neste post da coluna Recomendações, o que pode acontecer com qualquer um que navega nesse mundão caótico e por vezes sem lógica chamado Internet, preciso explicar em que território sua pessoa está adentrando. Cá estamos (eu e você, você e eu) no Bonas Histórias, o blog de literatura, cultura e entretenimento criado em 1º de dezembro de 2014 por esse ser humano falível (cada vez menos inteligente e menos artificial!) que te escreve (estas mal traçadas linhas, meu amor). E se você não estiver tão atrasado(a) nessa leitura, algo que também pode ocorrer nesse universo atemporal e imprevisível chamado rede mundial de computadores, irá perceber que estamos há apenas quatro dias do rega-bofe do nosso novo aniversário (pode aparecer, não vai rolar bundalelê).


Mas por que mesmo estou falando sobre isso agora se o post do nono aniversário do Bonas Histórias será só na semana que vem?! Ah, lembrei. Estou explicando para os desavisados de plantão o que é essa tal de Série Melhores do Bonas Histórias, o que é a terceira parte das publicações de destaque do blog e o que é (ou deveria ser) a coluna Recomendações. Então senta (ou no caso, continue sentado aí) que lá vem (mais um pouquinho d)a história.


Voltando à minha linha (ou seria curva?) de raciocínio. Criado há um tempão (se você está achando muito tempo quase uma década, imagine o que eu, que tenho que produzir esses benditos posts em escala industrial, acho disso!), o Bonas Histórias dedica-se à análise de livros, músicas, filmes, peças de teatro, exposições e um monte de outras manifestações artístico-culturais. Em outras palavras, tratamos daquilo que as almas mais puras acham matéria-prima pecaminosa e perigosa para os cidadãos de bem (nosso público-alvo são, portanto, as pessoas do mal). E nesse processo de escreve-e-ninguém-lê, lá se foram mais ou menos 1.500 publicações (confesso que já perdi as contas desde que celebramos, à la Pelé, Romário e Túlio Maravilha, o milésimo post do blog).


Mas o fato em questão é que em meados desse ano (que é outro que já se aproxima a passos céleres do firmamento) em uma mesa de bar (quando o frio paulistano ainda não era um sonho distante) com pessoas simpáticas e bonitas na Vila Madalena (bairro descolado da cidade que nasci e que tive o prazer de fugir há alguns meses, antes que a Cracolândia a tomasse por inteira), surgiu a questão: quais seriam os melhores posts da história do blog?


Para ser sincero, essa não foi uma preocupação da minha roda de amigos (eles sequer sabem da existência desse site, muito menos têm a preocupação de lê-lo). Fui eu mesmo que pensei em voz alta sobre essa questão e tive uma única pessoa interessada em me ajudar a compor essa retrospectiva histórica. Beijo, Carlinha. Ou foi uma das ideias transloucadas dela que abracei sem pensar no amanhã? Agora não me lembro dos detalhes sórdidos daquela noite de pura bebedeira.

Na edição de novembro, a coluna Recomendações apresenta a coletânea com os melhores posts de seis seções do Bonas Histórias: Passeios, TV, Rádio e Internet, Cursos e Eventos, Premiações e Celebrações, Melhores Músicas Ruins e Recomendações

De qualquer forma, foi assim (eu vi você passar por mim) que surgiu a Série Melhores, com os posts (que eu e uma leitora do blog um tanto novata, mas devota e de mente muito aberta) achamos mais interessantes do Bonas Histórias. Pensando em nossos leitores (que julgamos despreparados para overdose de conteúdo diabólico) e nas altas taxas de suicídio dos países lusófonos (Japão, pode esperar, sua hora vai chegar!), decidimos dividir a listagem em três publicações.



Hoje, enfim, chegamos à terceira e última parte da Série Melhores. Nesta nova publicação, vamos contemplar os artigos mais representativos das seis colunas derradeiras do Bonas Histórias: Passeios, TV, Rádio e Internet, Cursos e Eventos, Premiações e Celebrações, Melhores Músicas Ruins e Recomendações.


E como poderíamos chamar esse conjunto com seções tão exóticas e de temática plural? Como não sou muito criativo, gostei da sugestão da Carlinha: colunas que ninguém lê. Por mais que eu ache esse nome injusto, já que as outras partes do blog também mereciam essa honra, tive que concordar com minha estimada e intelectualizada amiga. Segundo o Google Analytics, trata-se mesmo dos materiais do blog com menos acesso.


Explicado o contexto para você que chegou agora ao Bonas Histórias (e ainda não abandonou a leitura desse post – ainda dá tempo, saiba que não entramos no assunto principal de hoje!), vamos sem demora (demora, o que é isso?!) para as melhores matérias das seis últimas colunas do blog.


PASSEIOS


A coluna: As páginas de Passeios são dedicadas ao relato de programas turísticos e de imersões artísticas. A ordem aqui é debater atrações históricas, viagens, pequenas excursões, realizações de trilhas no meio da natureza e visitas a museus e a centros culturais. As análises dessa parte do blog devem ter o ponto de vista da experiência dos visitantes e englobar as belezas e a história dos lugares visitados.


Melhor post: O primeiro lugar dessa coluna foi para a visita à encantadora e misteriosa Vila de Paranapiacaba, localidade no alto da Serra do Mar que guarda a história da ferrovia no Brasil e da imigração inglesa em nosso país. Neste post, discutimos como foi o passeio de um dia à Paranapiacaba, distrito fundado em meados do século XIX em Santo André e que está pertinho da cidade de São Paulo.


TV, RÁDIO E INTERNET


A coluna: Os posts de TV, Rádio e Internet visam apresentar aos leitores do Bonas Histórias o que de mais interessante está rolando nos principais veículos de comunicação quando o assunto é literatura, cultura, artes e entretenimento. A ideia aqui é comentar programas, documentários, podcasts, entrevistas, blogs, sites e vídeos que conversam intimamente com o conteúdo das demais partes do blog.


Melhor post: A medalha de ouro dessa modalidade (quero dizer coluna) vai para a matéria sobre Toma Aí Um Poema. O podcast criado por Jéssica Iancoski para a declamação poética é um espetáculo. Se você gosta de poesia, precisa conhecer a iniciativa da jovem escritora, poetisa, ilustradora, produtora de conteúdo, editora e empreendedora curitibana. E aí, você já tomou sua dose diária de Toma Aí Um Poema?


CURSOS E EVENTOS


A coluna: O conteúdo de Cursos e Eventos é, obviamente, voltado para a sugestão de aulas, programas acadêmicos, workshops, oficinas, palestras, seminários, feiras e congressos sobre literatura, escrita criativa e mercado editorial brasileiro. A proposta dessa seção do blog é nortear os escritores nas diferentes etapas dos seus desenvolvimentos profissionais.


Melhor post: Tanto pela riqueza do conteúdo ministrado quanto pela apresentação sucinta do post, o melhor material sobre o fazer literário do nosso blog é o do workshop Como escrever seu livro e tê-lo publicado por uma editora renomada. Sucesso até hoje, esse curso que tem uma década de vida é ministrado por Eduardo Villela, um dos principais publishers e book advisors do Brasil. Em Como escrever seu livro e tê-lo publicado por uma editora renomada, Eduardo Vilella ensina aos escritores o que eles precisam fazer para ter suas obras consideradas pelas principais editoras do país.


PREMIAÇÕES E CELEBRAÇÕES


A coluna: Os posts de Premiações e Celebrações visam a divulgação dos maiores prêmios nacionais e internacionais dos mercados editorial, audiovisual e fonográfico e a comemoração das principais efemérides do Bonas Histórias e do universo cultural. Ou seja, esse é o espaço para festejarmos as grandes façanhas artísticas e para atirarmos confetes naqueles que fizeram por merecer.


Melhor post: Essa provavelmente foi a escolha mais passional da Série Melhores do Bonas Histórias. Afinal, não definimos o artigo vencedor pela sua qualidade nem pela repercussão que teve junto aos nossos leitores (critérios principais de decisão até então) e sim pelo valor afetivo que temos em relação à conquista obtida. Estamos falando do post 100 Meses de publicação do blog em que comemoramos o alcance de uma façanha que nos orgulha até hoje. Até porque não são muitas iniciativas no campo artístico no Brasil que podem se gabar de ter atingido a marca de uma centena de meses de vida ativa. Vida longa ao Bonas Histórias!


MELHORES MÚSICAS RUINS


A coluna: Melhores Músicas Ruins é o evento organizado pelo blog desde 2015 em que premia as pérolas lançadas anualmente no mercado fonográfico nacional. Para ser indicada à já tradicional (e polêmica) honraria da música brasileira, a canção precisa ser ruim de dar dó e, ao mesmo tempo, têm que ser gostosinha à ponto de querermos ouvi-la mais e mais vezes.


Melhor post: A primeira colocação dessa seção foi para a Premiação de 2022 das Melhores Músicas Ruins. Os motivos? Além da seleção impecável de canções de alto nível de ruindade (mantivemos a excelência artística das últimas edições), tivemos um dos melhores eventos da honraria (quem foi jamais se esquecerá) e uma repercussão inédita nos principais veículos de comunicação (com direito à transmissão ao vivo no Youtube – não perca seu tempo procurando, tá?). Por essas e outras, a Premiação de 2022 das Melhores Músicas Ruins entrou para a história musical brasileira e para o imaginário popular nacional.


RECOMENDAÇÕES


A coluna: Recomendações é a décima nona e última coluna do Bonas Histórias. Nessa parte do blog, apresentamos a listagem com o que melhor foi analisado e conferido na cena artístico-cultural. Assim, nossos leitores recebem constantemente os rankings com livros, filmes, peças teatrais, passeios e experiências gastronômicas que valem a pena ser conferidos.


Melhor post: No alto do pódio desta coluna está a publicação sobre os Quinze livros tijolões para serem lidos na quarentena. Para quem gosta de longas seções de leitura e de boas ficções literárias, essa seleção de obras volumosas é um banquete. Não é porque a pandemia acabou (e as pessoas deixaram o isolamento) que não devemos continuar mergulhados nas páginas das boas obras. Por que você não lê Quinze livros tijolões para serem lidos na quarentena também no período Pós-pandemia, hein?


Isso é tudo, pepepessoal!


Gostou deste post do Bonas Histórias? Deixe seu comentário aqui. Para acessar a lista completa dos melhores livros, filmes, peças teatrais e exposições dos últimos anos, clique em Recomendações. E não deixe de nos acompanhar nas redes sociais – Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn.

Comments


A Epifania Comunicação Integrada é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Mandarina é a livraria diferenciada que está localizada em Pinheiros, na cidade de São Paulo
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
bottom of page