Bonas Histórias

O Bonas Histórias é o blog de literatura, cultura e entretenimento desenvolvido por Ricardo Bonacorci desde 2014. Com um conteúdo multicultural (literatura, cinema, música, teatro, exposição e gastronomia), o Blog Bonas Histórias analisa as boas histórias contadas no Brasil e no mundo.

bonashistorias.com.br

Ricardo Bonacorci

Nascido na cidade de São Paulo, Ricardo Bonacorci tem 40 anos e trabalha como publicitário, produtor de conteúdo, crítico literário e cultural, editor, escritor e pesquisador acadêmico. Ricardo é especialista em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão da Inovação, bacharel em Comunicação Social, licenciando em Letras-Português e pós-graduando em Formação de Escritores.  

  • Ricardo Bonacorci

Crônicas: O Ano que Esperávamos Há Anos - Apresentação

A oitava temporada da coluna Contos & Crônicas será dedicada às memórias de um torcedor corintiano sobre o mágico ano de 2012.

O Ano que Esperávamos Há Anos - Contos & Crônicas - Bonas Histórias - Ricardo Bonacorci - Apresentação

Em 2022, chegaremos à oitava temporada da coluna Contos & Crônicas. Criada originalmente para a divulgação de coletâneas de narrativas curtas, essa seção do Bonas Histórias tomou alguns caminhos diferentes nos últimos anos. Em 2021, por exemplo, exploramos os romances (juntamente com alguns conceitos do Fazer Literário). Estou me referindo, obviamente, à “Primeira Página”. Em 2020, dedicamos esse espaço a uma novela, “O Ghost Writer”. Por falar nisso, abração, Roberto! E, em 2019, cultivamos por aqui as linhas da Escrita Não Criativa em “Diálogos Urbanos”.


No próximo ano, a ideia é voltarmos às raízes dos gêneros que emprestaram seus nomes ao título da coluna. E nada melhor do que mergulharmos na crônica, tipo textual que não praticávamos desde 2017. Naquele momento, publicamos no blog as narrativas de “Doze Indícios que Envelheci Antes da Hora”. Curiosamente, a primeira série de Contos & Crônicas, “Eu e o Mundo”, foi justamente uma coleção de textos não ficcionais. Essas crônicas são do longínquo 2015. Repetimos a dose em 2016 com a minissérie “Março Negro”.


A nova coletânea de crônicas do Bonas Histórias se chama “O Ano que Esperávamos Há Anos”. Esse material será apresentado mensalmente ao longo de 2022. Esse post aqui do finalzinho de 2021 é uma mera apresentação da próxima série narrativa que teremos no blog.


“O Ano que Esperávamos Há Anos” é o conjunto de minhas memórias como torcedor corintiano durante o mágico ano de 2012. Para quem não se lembra, há exatamente dez anos, o Sport Club Corinthians Paulista, meu time do coração, vivenciava seu período de maior glória futebolística: a conquista pela primeira vez da Copa Libertadores da América e o triunfo no Mundial de Clubes da FIFA. Ou seja, a equipe do Parque São Jorge papou os principais torneios do continente e do planeta. O que mais os corintianos poderiam querer da vida, né?


Esses feitos estão narrados de maneira apaixonante nessa coletânea textual. No papel de um fanático torcedor alvinegro e já prevendo o incrível ano que se anunciava, passei a acompanhar a equipe corintiana com mais afinco. "O Ano que Esperávamos Há Anos" traz dia a dia o que aconteceu em 2012 na ótica dos corintianos: as angústias dos torcedores, as emoções das partidas, os bastidores do clube, a repercussão na imprensa e os detalhes da vida dos jogadores. Isso tudo em um texto ágil, bem-humorado, crítico e muito passional. Impossível não se emocionar com essa incrível história de superação e de fanatismo dos mais fiéis (e loucos) torcedores. Essa é uma leitura obrigatória para os corintianos e para quem ama o futebol.

O Ano que Esperávamos Há Anos é a coletânea de crônicas de Ricardo Bonacorci sobre a vitoriosa temporada de 2012 do Sport Club Corinthians Paulista

Confesso que fiquei um pouco relutante em publicar esse material no Bonas Histórias. Em 2012, ainda não havia ingressado para valer na produção literária. Para completar, os textos de “O Ano que Esperávamos Há Anos”, vistos pelos meus olhos atuais, se caracterizaram mais como um exercício diário de escrita e menos como uma obra autoral definitiva. E se eu estava no começo da trajetória como escritor e se estava treinando para tal (ainda sem técnica e sem muitos conhecimentos sobre esse ofício), dá para imaginar a qualidade do texto, né? Assim, essas crônicas estão longe, muuuuito longe de terem uma excelência narrativa que faça seu autor se orgulhar.


Por outro lado, a chegada da efeméride da maior conquista futebolística do Corinthians (sim, em 2022 completamos dez anos daquela incrível temporada!), senti-me um pouco mais confiante em postar esses textos. Afinal, é muito legal acompanhar passo a passo o que você fez há uma década (ai, meu Deus, uma década!). Eu sei exatamente o que fiz dia a dia. E você, sabe?! Se você for corintiano(a), aposto que saberá me dizer em detalhes onde estava, com quem, o que fazia e as emoções vivenciadas naqueles inesquecíveis dias de 2012.


Que tal a proposta de “O Ano que Esperávamos Há Anos”, hein? Convido você a acompanhar mensalmente essa coleção de textos não ficcionais. A estreia da oitava série da coluna Contos & Crônicas será já no começo de janeiro de 2022. Para quem se interessou, segue, a seguir, o calendário completo dos posts de “O Ano que Esperávamos Há Anos”:


- 13 de janeiro de 2022 – Prefácio.


- 31 de janeiro de 2022 – Janeiro de 2012.


- 27 de fevereiro de 2022 – Fevereiro de 2012.


- 30 de março de 2022 – Março de 2012.


- 25 de abril de 2022 – Abril de 2012.


- 25 de maio de 2022 – Maio de 2012.


- 20 de junho de 2022 – Junho de 2012.


- 11 de julho de 2022 – Julho de 2012.


- 7 de agosto de 2022 – Agosto de 2012.


- 12 de setembro de 2022 – Setembro de 2012.


- 12 de outubro de 2022 – Outubro de 2012.


- 11 de novembro de 2022 – Novembro de 2012.


- 8 de dezembro de 2022 – Dezembro de 2012.


- 20 de dezembro de 2022 – Epílogo.


Boas crônicas para todos em 2022!


-----------

Oitava série narrativa da coluna Contos & Crônicas, “O Ano que Esperávamos Há Anos” é o testemunho dos doze meses de 2012. Este relato é uma espécie de diário feito no calor das emoções por um fanático torcedor corintiano. Ele previu as conquistas de seu time do coração naquela temporada que se tornaria mágica. Nessa coletânea de crônicas é possível acompanhar os jogos do Corinthians, relembrar as decisões do técnico, entrar nos bastidores do Parque São Jorge e conhecer a vida dos principais jogadores alvinegros. O leitor também sofrerá com as angústias dos torcedores do Timão, poderá acompanhar o desenrolar dos campeonatos e, principalmente, irá se emocionar com as maiores conquistas futebolísticas desse clube centenário.


Gostou deste post e do conteúdo do Bonas Histórias? Compartilhe sua opinião conosco. Para acessar outras narrativas do blog, clique em Contos & Crônicas. E não deixe de nos acompanhar nas redes sociais – Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn.

A Epifania Comunicação Integrada é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
A Dança & Expressão é parceira do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento
Mandarina é a livraria diferenciada que está localizada em Pinheiros, na cidade de São Paulo
Eduardo Villela é Eduardo Villela é book advisor e parceiro do Bonas Histórias, blog de literatura, cultura e entretenimento